11/04/2018

NAUFRÁGIO DA NAU VICTORIA (12 de Abril)


A 12 de Abril, pelos anos de 1595, sendo Vice-Rei da Índia, Matias de Albuquerque, havendo partido da Índia a Nau Victoria, em que vinham mais de 500 pessoas, e se afirma que muitos anos antes, não viera outra mais próspera, e rica: Veio demandar a costa do deserto da Etiópia Oriental na altura do Cabo de Guardafú, e por erro do Piloto, que se fazia ainda longe do mesmo Cabo, foi marrar com a dita costa, na noite deste dia, e tanto que tocou, logo se fez em pedaços, e se afogou a maior parte da gente, a qual ainda foi menos infeliz, que a que escapou com vida; porque não são explicáveis os trabalhos, que padeceram em terra deserta, e estéril, sem água, sem frutos, e sem abrigo, ou reparo contra os raios do Sol, que fere aquelas areias com ardentíssimas chamas. Foram morrendo um após outro consumidos, e mirrados de fome, da sede, e do calor, e da falta de tudo o que lhe podia servir de alívio, ou sustento. Apenas escaparam dezasseis pessoas que arribaram a Magadaxo, tão desfigurados, que mais representavam as formas de cadáveres, que as de homens vivos.

Sem comentários: