17/04/2018

D. PEDRO DE MENEZES MARTIRIZADO EM CEUTA (18 de Abril)

Ceuta
No ano de 1553, dia 18 de Abril, sendo Capitão de Ceuta D. Pedro de Menezes, filho de D. António de Noronha, primeiro Conde de Linhares, saiu da mesma Cidade ao campo, desafiado pelo Alcaide de Tetuão a tantos por tantos. Diziam-lhe alguns Cavaleiros, que não se fiasse do Mouro: Porque sem dúvida lhe tinha armado alguma traição; Porém D. Pedro fez capricho de sair, e encontrando-se com o Alcaide, no tempo, e lugar aprazado, e vendo, que era igual o número de combatentes, travou a batalha, com denodado valor; Mas dentro em breve espaço se viu cercado de grande número de Cavaleiros, e Infantaria. Então voltando-se para o seu Adail, Diogo Nabo, lhe perguntou: "Que faria?" Ao que ele respondeu estas palavras "Aqui, senhor, já que vossa senhoria assim o quis, não há que fazer, se não morrer com honra". Conformou-se D. Pedro prontamente com aquele parecer tão brioso, como preciso, e investiu aos infiéis, como quem queria vender cara a vida: O mesmo fizeram os mais Portugueses; Pelejou-se muitas horas com incrível ardor, até que oprimidos os nossos da multidão, ficaram mortos no campo mais de trezentos, entre os quais entrou o mesmo D. Pedro, e seu sobrinho, D. António de Noronha, segundo Conde de Linhares. Era este D. António aquele ilustre Cavaleiro, de quem o grande Camões fala com grande saudade, e merecidos elogios, por suas excelentes partes, em muitos dos seus poemas.

Sem comentários: